AS METÁFORAS NÁUTICAS NA POÉTICA BARROCA ALEMÃ

Antônio Jackson de Souza Brandão

 

Resumo

 

Pretendemos refletir sobre a utilização de elementos imagéticos e suas fontes na Alemanha do século XVII e demonstrar que a literatura seiscentista não deve ser entendida como uma poética de experiências pessoais no sentido contemporâneo. Andreas Gryphius, Silesius, Hoffmannswaldau, Gerhardt estavam imerso num mar de imagens e tópicas, fazendo largo emprego dessas em seu trabalho poético. Para isso, utilizaram como fonte de inspiração não só os auctoritas e os livros de emblemas que circulavam na Europa no século XVII, como também a Bíblia. Neste artigo, abordaremos como as metáforas náuticas foram empregadas por esses autores e pela emblemática.

 

Palavras chave

 

Emblemática, poesia alemã seiscentista, metáforas náuticas.

 

  • Lee el artículo completo AQUÍ.

 

'AS METÁFORAS NÁUTICAS NA POÉTICA BARROCA ALEMÃ' has no comments

Be the first to comment this post!

Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

css.php
Need help with the Commons? Visit our
help page
Send us a message
Skip to toolbar