AS CABEÇAS VOADORAS TÊM VOZES DISSONANTES: MURILO E ADALGISA CONTAM A HISTÓRIA DE ISMAEL NERY

AS CABEÇAS VOADORAS TÊM VOZES DISSONANTES: MURILO E ADALGISA CONTAM A HISTÓRIA DE ISMAEL NERY

André Teixeira Cordeiro,

 

RESUMEN

O trabalho enfoca um dos personagens mais prolíficos do Modernismo carioca, o pintor e poeta Ismael Nery. A partir dos depoimentos de Murilo Mendes, melhor amigo de Ismael Nery, e da escritora Adalgisa Nery, a esposa, retomam-se aspectos da vida e da obra do artista e instaura-se a “contradição”. Intenta-se revelar as muitas faces do artista quase mítico, do profeta que perscrutava o âmago das questões da arte e da filosofia. Mais que revelar, dar voz, também, à Adalgisa Nery autora de um romance, ainda pouco estudado, sobre sua vida com o pintor. Desta forma, lançar um olhar, que se quer mais complexo a respeito de Nery. E, como Virginia Woolf, retratar não apenas uma personalidade, mas “milhares delas”.

PALABRAS CLAVE

Modernismo, literatura, memória, pintura
  • Lee el artículo completo AQUÍ.

'AS CABEÇAS VOADORAS TÊM VOZES DISSONANTES: MURILO E ADALGISA CONTAM A HISTÓRIA DE ISMAEL NERY' has no comments

Be the first to comment this post!

Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

css.php
Need help with the Commons? Visit our
help page
Send us a message
Skip to toolbar