ROA BASTOS: A DITADURA DE STROESSNER EM GASPAR FRANCIA

Rui Veiga

 

Resumo

 

O artigo está focalizado para a relação da poética da violência com a repressão institucional instaurada pelas ditaduras latino-americanas nas décadas de sessenta e setenta. O livro, obra principal do escritor paraguaio, recém-falecido, está baseado na vida de Gaspar Francia, ditador paraguaio do século XIX (governou de 1814 a 1840) com mão de ferro, de forma personalista e autocrática. Embora mantivesse um projeto político de independência nacional e identidade paraguaia.

Yo el Supremo parte de um referente do século XIX, a ditadura de Francia, para atingir o referido, que é a segunda metade do século XX com as ditaduras militares no Continente, em particular a ditadura do general Alfredo Stroessner no Paraguai (1957-1989). No estudo, trato da questão da relação entre a narrativa e o discurso com o Poder, a mistificação das massas, a repressão, as prisões e a tortura.

 

  • Lee el artículo completo AQUÍ.
  • Lee el artículo en .pdf AQUÍ.

 

'ROA BASTOS: A DITADURA DE STROESSNER EM GASPAR FRANCIA' has no comments

Be the first to comment this post!

Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

css.php
Need help with the Commons? Visit our
help page
Send us a message
Skip to toolbar