RESSEMANTIZAÇÃO DA LINGUAGEM MÍSTICA: RESISTÊNCIA NO CONFLITO DE ITAIPU

Tarcísio Vanderlinde, Juliane Vanderlinde

 

Resumo

 

A construção da Hidrelétrica de Itaipu no oeste do Paraná gerou inúmeros protestos entre os agricultores pela indenização de suas propriedades que vieram a ser alagadas. O artigo tem por objetivo analisar a mística, amparada por fragmentos de textos bíblicos e que ressemantizados serviam como inspiração e motivação aos camponeses na luta pela terra. No conflito de Itaipu, a mediação mística adquire uma característica impactante tendo em vista a cultura dos atingidos. Um quarto de século após o conflito, a mística do movimento retorna como reminiscência em forma de celebração litúrgica denominada Romaria da Terra. O artigo resulta de investigação bibliográfica que leva em conta parte da produção já realizada sobre o assunto e tem como atenção no recorte, o aspecto místico que marcou o conflito. Como resultado pode-se verificar que numa fase em que as manifestações políticas eram controladas, a mística metaforicamente a substitui e enquanto referencial espiritual esteve amalgamada ao processo de luta. O movimento foi mediado por entidades religiosas, que foram decisivas no sentido de mitigar os impactos sofridos pelos agricultores em decorrência da construção da barragem.

 

Palavras chave

 

Ressemantização, mística, resistência.

 

  • Lee el artículo completo AQUÍ.

 

'RESSEMANTIZAÇÃO DA LINGUAGEM MÍSTICA: RESISTÊNCIA NO CONFLITO DE ITAIPU' has no comments

Be the first to comment this post!

Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

css.php
Need help with the Commons? Visit our
help page
Send us a message
Skip to toolbar